segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Para variar um pouco


"Uma das melhores coisas na vida são as maravilhosas surpresas que nos reserva."
(Marlo Thomas)


"Acreditar é monótono, duvidar é apaixonante, manter-se alerta: eis a vida."
(Oscar Wilde)


"A vida tem a cor que você pinta."
(Mário Bonatti)


"A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida."
(Vinicius de Moraes)

7 comentários:

O ovo estrelado disse...

"Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta.”

Albert Einstein

...sou mais apologista das frases científicas, é defeito de profissão!

Ana disse...

Só sei que nada sei.....

Ana disse...

Já começo também a achar que é defeito de profissão :)

O ovo estrelado disse...

...e tudo o que sei é é fruto da minha ignorância. Aliás a sabedoria de Sócrates é devida ao facto de estar plenamente consciente da sua prórpia ignorância. Mas o culpado disto tudo foi o seu disciplo Platão que desatou a transcrever toda a filosofia da escola socrática!! E por falar em Sócrates..vocês "profs malditos" já tiveram uma pequenina vitória!?...parece que a dama-de- ferro vai alterar o modelo de avaliação...para os próximos anos lectivos!?...vejamos as cenas dos próximos capitulos!...

Ana disse...

"Profs Malditos"!!!!!!!!!!!!!!

"Mal ditos" só se for pela Milu que já deve ter que ir ao cabeleireiro todas as semanas pintar as brancas.... Quem manda provocar e aceitar tachos deste gabarito?!?!?!?
Já diz o povo que a união faz a força e que unidos venceremos, contra "políticos e pseudo intelectuais malditos"....
Mas já lhe disse que ainda muitas lágrimas chorarão por professores como estes que lutam de plena consciência por aquilo que sabem ser o correcto. Se ainda não percebeu ovo quase cozido, isto já nada tem só a ver com a dita avaliação. Como já expliquei foi a gota de água de um conjunto de políticas que têm vindo a ser implementadas ao longo de sucessivos anos com uma total falta de profissionalismo, em que têm tratado os alunos e professores como ratos de laboratório. Só que nós não morremos e as soluções mágicas que têm vindo a inventar começaram a ter os efeitos colaterais há muito esperados.

Tenho-o em boa consideração, mesmo não fazendo a mais pequena ideia com quem falo, como tal palavras como "malditos" não soa nada bem.

Uma beijoca que hoje tou numa de paz :D

O ovo estrelado disse...

...em primeiro lugar: não me trates por "você"

...em segundo lugar: "profs malditos" era ironia!

...em terceiro: prefiro estrelado!

...muito susceptível hoje hein!?...

Ana disse...

Deve ter sido por umas conversas que andei a ter com alguns elementos que trabalham no privado que me colocam assim :)

Não me revejo na tão mal falada função pública, e como tal recuso-me a enfiar alguns barretes :D

Para já não falar que tenho o coração colado à lingua neste caso na ponta dos dedos.

Apesar da susceptibilidade, os beijos foram de coração :D

Nota: Também prefiro estrelados e mal passados prontinhos a furar-lhes a bolha :P