segunda-feira, 31 de maio de 2010

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Não sei onde foram buscar estes valores mas que assusta assusta

PORQUE ESTAMOS NA FALÊNCIA??????





E DEPOIS AINDA QUEREM SABER SE A MALTA ESTÁ DISPOSTA A ABDICAR DO SUBSÍDIO DE FÉRIAS E/OU NATAL PARA AJUDAR O PAÍS...

No meio da confusão aqui vai uma notícia saudável

CAMINHADA DO CORAÇÃO

29 de Maio ás 9H30



Ponto de partida

Praça da Liberdade
Praça da Liberdade

Divisão de Desporto e Lazer
Câmara Municipal de Viana do Castelo
Passeio das Mordomas da Romaria
4904-877 Viana do Castelo
Telefone: +351 258 809 364
Fax: +351 258 809 347
Site: www.cm-viana-castelo.pt
email: apoio.desporto@cm-viana-castelo.pt; desporto@cm-viana-castelo.pt

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Cartoons Políticos com muita categoria

Carga laboral

A razão dos enfermeiros

A luta continua...

O fim das escutas

A refeição do PGR

A erecção do Primeiro-ministro


A Festa da Flor na Madeira

A solução óbvia

Tásse bem

A Franco-deputada  (mas não é da família :) )

Até que a voz me doa!

TOURADA Louçã vs Sócrates


TOURADA Louçã vs Sócrates

Figo maduro

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Wainting for the Sun - O Sonho

Foto magnífica de Sofia Carvalho

O Sonho

“O sonho é ver as formas invisíveis
Da distância imprecisa, e, com sensíveis
Movimentos da esperança e da vontade,
Buscar na linha fria do horizonte
A árvore, a praia, a flor, a ave, a fonte -
Os beijos merecidos da Verdade.”

Fernando Pessoa

terça-feira, 11 de maio de 2010

Cinema Paraíso


Não me lembrava de ter gostado tanto de assistir um filme como este que vimos juntos.
Quero ver muitos e muitos mais, assim, na tua companhia.

Para quem quiser saber mais sobre o filme Cinema Paradiso

segunda-feira, 10 de maio de 2010

A Página da Maria de Ponte

A Nossa Proposta Simplex

Este ano, e aceitando o desafio do Jorge que disse, que em vez de reclamar devia participar, lançei o desafio aos amigos destas lutas Hélia Lima e Luís Figueiredo.

Assim resolvemos expor a nossa ideia através do programa Simplex.

Designação:

Centralização e Uniformização de Modelos de Documentos

Quem é o destinatário principal?

Interna à Administração Pública

O que motiva a sugestão? Descrição do problema/situação actual:

Em praticamente todos os estabelecimentos de ensino se verifica anualmente uma dificuldade / problema reincidente, relacionado com os modelos de documentos a utilizar pelos docentes e outros membros da comunidade escolar, em actas de reuniões de turma, actas de reuniões de departamento, actas reuniões de Pedagógico, participações disciplinares, em suma, num vasto leque de situações que exijam o registo da informação num documento formal, o qual obedece a uma estrutura/formato definido pela direcção de cada instituição de ensino. A presente sugestão surge, por conseguinte, motivada pelo elevado número de profissionais que se deparam anualmente com a dificuldade de identificar o modelo de documento a utilizar num determinado contexto e do trabalho que anualmente alguns profissionais têm em criar esses modelos.

O que se pretende alcançar? Objectivo da simplificação:

A simplificação proposta visa conceber um sistema, acessível via Web, que permita a qualquer docente, ou outro profissional enquadrado numa qualquer instituição de ensino, identificar e obter o modelo de documento, ajustado à sua instituição de ensino, adequado ao contexto em que se encontra. Por outro lado, visa-se igualmente uniformizar todo um conjunto de documentos, que por um pormenor ou outro, diferem de instituição de ensino para instituição de ensino.

O que fazer? Descrição da solução encontrada:

A solução encontrada consistirá pois em conceber uma plataforma, num ambiente Web, dividida em duas grandes áreas. Por um lado, uma área de administração reservada a cada instituição de ensino, onde estas deverão recriar a sua estrutura orgânica, seleccionando os departamentos, grupos disciplinares, e demais órgãos, com base numa lista comum a todas as instituições de ensino, para assim se atingir a pretendida uniformização. Por outro lado, uma área de utilização destinada aos docentes e outros profissionais (utilizadores finais dos modelos) os quais apenas necessitarão de indicar, a partir de um conjunto de dropdowns, a informação mínima necessária à identificação do modelo, disponibilizado no último passo deste processo o modelo do documento em ficheiro. Para que este sistema seja funcional e exequível, é apenas necessário que a estrutura principal de cada documento seja previamente definido pelo Ministério da Educação, em conjunto com as diversas Direcções Regionais de Educação.

Quais os benefícios?

Através da plataforma em ambiente Web, qualquer docente (ou outro profissional de uma instituição de ensino) passará desta forma a ter acesso aos modelos dos documentos oficialmente definidos pelo Ministério da Educação e personalizados para a sua instituição de ensino, qualquer que seja o local onde se encontre, desde que tenha disponível um acesso à Internet. Adicionalmente, minimizam-se vários problemas recorrentes, nomeadamente: a necessidade de, anualmente, refazer os modelos; evitar alterações inadvertidas dos modelos; dificuldade em localizar os modelos; e dificuldade em aceder aos modelos, entre outros.
 
Contudo não acharam pertinente e aqui estão as ideias para votação:
 Se gostarem da nossa podemos vende-la colocando-a em prática, desenvolvendo-a ou mesmo teremos todo o gosto em colaborar com o Ministério da Educação para a por em prática.

domingo, 9 de maio de 2010

Parabéns Benfica - CAMPEÕESSSSSSSSSSSSSSSSSS

Sou do Benfica

E isso me envaidece

Tenho a genica

Que a qualquer engrandece

Sou de um clube lutador

Que na luta com fervor

Nunca encontrou rival

Neste nosso Portugal.
 
 

Ser Benfiquista

É ter na alma a chama imensa

Que nos conquista

E leva à palma a luz intensa

Do sol que lá no céu

Risonho vem beijar

Com orgulho muito seu

As camisolas berrantes

Que nos campos a vibrar

São papoilas saltitantes
 
LALALALALALA

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Porque há motivos para nos orgulhar

Esta semana, fui sujeita a uma intervenção cirurgica no Hospital de S. João, e é com enorme agrado que vi desde a primeira à última abordagem um trato humano para comigo e com os restantes pacientes digno de um agradecimento muito especial. Mas, mais alegre fiquei em ver que a maioria do núcleo de pessoal lá presente não era nenhum grupo de pessoas da dita velha guarda mas sim jovens com carreiras promissoras. Simpáticos no trato, no carinho e mesmo na forma como as vi orientar, no caso da enfermagem, outras jovens enfermeiras. É bom e salutar, ver que no nosso País nem tudo é mau e que há muita gente nova que nos faz ainda sentir orgulho de ser Português.
Cada vez mais me convenço que podemos mudar isto, não podemos é deixar que certos e determinados senhores continuem a roubar estes jovens que como eu iniciam as suas carreiras, que quase todos eles, os que estão em cargos superiores estão nas profissões que gostam e vêm-se castrados, ofendidos e maltratados por patrões que só fazem com que sintamos vontade de emigrar.
É urgente incentivar esta massa humana!

Peço aos mais jovens que não tenham vergonha de querer ser os melhores, porque com o núcleo de jovens que cada vez faz menos a aumentar eles, os que querem sempre mais e melhor, têm mérito e brio no seu trabalho enquanto estudantes, terão certamente um futuro promissor visto serem cada vez menos.
Portanto Sr. Sócrates e companhia limitada, é urgente motivar os que ainda querem cá ficar a fazer algo de produtivo pelo País. Não olhem só para os Vossos umbigos, pois irão precisar e muito de nós se quiserem continuar a andar com este Portugal para a frente.

Maria de Ponte

Olha a Maria! A Maria de Ponte,
nem frio nem sol, nada há que a afronte,
bem redondinha e sempre gaiteira
vai pela rosca e chouriços à feira.

De faces rosadas, é forte e sadia,
Venha o sarrabulho e a bolhacha "Maria"!
Andando por um e outro tasquinho,
vai enchendo a malvada devagarinho.

Toda se entrega às emocionantes borgas,
com a sua estimada vaca das cordas,
"Mimosa" de nome - é touro possante...
e já desarmou muito chico-armante.

Onde houver foliões e concertinas
lá está a Maria entre outras ladinas,
a mostrar que tem jeito e que tem brio
a dançar o vira e a cantar ao desafio!

Nas Feiras Novas leva o arco à cabeça,
junta-se a "Matilde" - a vaidade é acesa,
mas é todo o ano que a Vila a estima:
Maria de Ponte - de Ponte de Lima

Projecto de Madalena Martins e texto de Márcia Alves





Parabéns à Madalena Martins por mais esta bela peça representativa das nossas tradições.

Obrigada às minhas Marias e ao meu Manel por este belo presente.
Cada vez gosto mais de ser uma Maria de Ponte - Maria de Ponte de Lima, dispensando a parte do redondinha lol:)

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O primeiro passo

O primeiro passo está a ser dado!

Espero em breve encher este blogue de milhentas razões de belos textos, leves e plenos e fotos muito felizes.

Aguardem, eu darei todos os passos necessários até chegar à meta.

Entretanto continuo a devanear por aqui...