domingo, 31 de maio de 2009

Tradições

País de brandos ou bravos costumes!


Isto também é para explicar porque é que eu detesto touradas e não é por ser touro de signo, é porque por muitas razões que me apresentem nunca irei concordar com isto.

Este é para ti Tony!

2 comentários:

O ovo estrelado disse...

...eu não ia comentar mas retrocedi na intenção!..o que é mais violento: uma tourada ou criar patos para foie-gras!? O é mais triste: uma tourada ou galinhas poedeiras em pavilhões industriais!? O que é mais bárbaro: uma tourada ou a caça à baleia?! O que é mais medonho: uma tourada ou o abate de focas bebé e lontras para retirar peles!? O que é mais vil: abater elefantes por causa das armações ou uma tourada!?..há tanta coisa má neste mundo!?...a tourada é um espectáculo entre o homem e o touro! Nem sempre é o animal que perde, por vezes acontece o contrário (menos vezes é claro!), mas é um espectáculo como outro qualquer, quem gosta vê e aprecia quem não gosta muda de canal!...este tipo de anúncios provocam a consciência através do choque, do horror, do bizarro. De igual forma encontras n vídeos com a mesma carga negativa no blog fantasbloco http://www.youtube.com/watch?v=ff1pMnjGQH0 mas estes têm um carácter eminentemente politico! Todavia, o conceito latente encerra os mesmo propósitos suscitar revolta! Isso é bom, porque mobiliza quem anda distraído mas tem o reverso da medalha, pois dá ainda mais força a quem se sente "lapidado" ou ofendido (que não é o meu caso frise-se!). A pergunta que se impõe é: então, porquê uma mulher a ser lapidada e não um homem!?...será porque a mulher é o sinónimo de fraqueza!? e porque não um homem, ou então uma criança, para ser mais brutal!?...em alguns países islâmicos a lapidação e a chicoteamento ainda são práticas punitivas, que aos olhos da cultura ocidental são bárbaras; em alguns países da América Latina existem festas em que as pessoas de se esbofeteiam e esmurram, mas no momento seguinte são amigas. Barbárie? acto tresloucado? ritual ignóbil? Quem somos nós para alvitrar e condenar logo à partida? Em Roma sê romano. Ok, na tourada mata-se, pois é verdade.O touro sofre, verdade! Mas da mesma forma o peixe na rede sofre quando tenta comer o anzol, também os golfinhos sofrem quando se afogam presos nas redes e as tartarugas sofrem. Mas pior do que isso, nós humanos insistimos em nos envenenar quando poluímos, quando fumamos ou nos drogamos!? Há tanta coisa errada neste mundo mas acredito piamente que, quando em Portugal acaba a época futebolística e começa a época taurina, o assunto tourada seja o foco das atenções. Eu pessoalmente, preocupa-me mais os fogos florestais! Preocupa-me mais como posso economizar na conta da luz e como posso economizar a água que consumo. É tudo uma questão de prioridades. Mas há só um pormenor, acredito que quem é contra as touradas tenha o faça com toda a propriedade e com toda a liberdade. Respeito, mas tenho outra opinião.

ALFF disse...

Eu concordo com tudo o que disseste como sabes. Apenas também quis que percebes o porque eu detestar isto como abomino qualquer tipo de ofensa à integridade física e moral seja de que habitante da Terra for. Sim porque como sabes eu adoro animais de duas e quatro patas e patinhas ou mesmo sem elas
:)