sexta-feira, 3 de julho de 2009

Trajetória

8 comentários:

O ovo estrelado disse...

..peço desculpa mas deve-se escrever trajectória! Qualquer dias escrevemos como os nossos amigos brasileiros que se esqueceram das consoantes mudas algures entre uma caipirinha e um ritmo de samba!

ALFF disse...

Amigo, ficou exactamente assim porque é o nome da música. Apenas só por acaso não é cantada na verdadeira língua de Camões ;)

Guilherme Faro disse...

Oi Aninha! Apesar de não concordar com esse acordo ortográfico, pois descaracteriza a identidade de cada povo, a palavra TRAJETÓRIA já pode ser escrita dessa forma ai em Portugal e ser considerada correta.

beijo

O ovo estrelado disse...

tava brincando né cara!!puxa vida!...até coloquei a Zélia cantando no meu blog!! Ah é verdade ando para te contar esta curiosidade há varios dias. sabias que o antigo presidente da Câmara o Fernando Calheirso foi colega de escola da minha mãe!? Cheguei a falar com ele ainda que a título esporádico já depois de ele ter saido da Câmara. Eu costumava ir para casa dele quando era puto pois uma das minhas muitas tias trabalhava lá...curiosidades!!Lembrei-me agora porquea minha mãe ofrereceu-me hoje um pequeno livor sobre o D. Frei Francicsco de S. Luís (mais conhecido por Cardeal Saraiva) com uma fotografia do f calheiros!

Guilherme Faro disse...

Ovo estrelado, sem problema. Não tomei como ofensa, não. Fica tranquilo, "cara" :).
Falando em Zélia, fomos ao show dela ontem e está demais. Ela fará em Lisboa e Guimarães em agosto, se eu não me engano.

* A gíria "cara" é dita apenas aqui no Rio de Janeiro, portanto, você está carioca. :)

ALFF disse...

Poh que fantástico já travando conversas vocês os dois nos meus devaneios :)

Com que então o Gui já gosta destas musiquinhas :) Prima faz cada coisa :D

Guilherme Faro disse...

Hahahaha Aninha, sacanagem! Sua prima de tanto "insistir", acabei indo, né.. ahahaahah brincadeira. Aprendi a gostar dela com sua prima, é verdade, mas gosto das músicas dela.
Tudo bem por ai, cara?
beijo

O ovo estrelado disse...

...no fundo qualquer um de nós gostaria de sentir a alegria como brasileiro comum. Esse à vontade com a vida nem que seja ao ritmo do samba. E como nós e vós gostamos de dizer, Deus é Brasileiro.

Fora isso, estamos de acordo quanto ao acordo ortográfico. É-me particularmente difícil falar português (europeu) e escrever seja em português do brasil ou de angola. Como diria o fernando Pessoa "a minha pátria é a língua", e eu acrescento é na diversidade e na riqueza da nossa lingua que reside a beleza que nos une.